sexta-feira, 24 de outubro de 2008


Abençoa-me e me faça forte como o carvalho, para que mesmo estando no olho de um tornado eu possa permanecer de pé.
Mantenha acesa dentro de mim a chama do saber; o ímpeto de crescer.
Não deixe que me venha a soberba ou a incompreensão.
Afasta-me os pensamentos pequenos e fracos, mesquinhos e perigosos.
Lembre-se que sou seu filho e por muitas e muitas vezes precisarei ainda do seu colo.
Fazei-me merecer aqueles, que me confiaste nesta vida.
Acorda-me e me reconduza quando a minha parte fera sobressair sobre a minha parte anjo.
Não me faça esmorecer jamais para que a minha esperança na raça humana permaneça acesa sempre.
Irmana-me aos que necessitam e enriqueça minha obra diante daqueles que me vêm como um esteio.
Abençoa meus pais, meus filhos e as preciosas pessoas que me amam.
Sei que somente através de ti sempre o meu coração estará liberto, que minha vida estará sempre atrelada ao mais seguro abrigo.
Sabe que tudo serviu de experiência e que, minuto a minuto, cresço na sua e na minha vontade.
Pouco tenho em matéria, mas tudo o que me destes foi e é o suficiente para que tudo progrida.
Por várias vezes me ungiu e por várias vezes atravessei os mares de tormenta chegando sempre a um porto seguro.
É pai, estou aqui.
Mesmo nas sombras enxergo ao longe a candeia que vem de ti; que me guia e me orienta.
Afasta-me da ação de quem possa ser meu inimigo, pois de coração, vejo-os como irmãos.
Quando por quarenta anos estivemos perdidos no deserto, nosso sofrimento nos remeteu ao Senhor, justamente naquele momento aprendemos que a verdade e o nosso conforto estava tão próximo; estava dentro de nós, pois somos sua parte viva, seus filhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário