sábado, 8 de novembro de 2008

De novo a guerra...


O poderio bélico demonstrado ontem, pela facção criminosa que age nos presídios e no comando externo em São Paulo é de assustar.

Hoje em um dos jornais, lí sobre o assalto ocorrido em um banco no centro do município de Guarulhos e que teve a fuga dos meliantes até a zona norte de São Paulo.

Ao longo do trajeto, o qual creio não ultrapassar uns 10 kms, vários carros foram roubados, vários tiroteios pesados foram travados ao longo do trecho.

No final, nove militares foram baleados sendo que um foi morto, um civil morto e um membro da facção morto.

Foram apreendidos fuzis de guerra e pistolas de grossos calibres.

A ação ousada e ao meu ver, de leigo, é de guerrilha e impiedosamente generalizada, pois civil que estiver no meio morre.

Vejo constantemente pela televisão os confrontos no Rio de Janeiro, mas a coisa quando ocorre aqui parece muito mais pesada.

Agora pergunto: a nossa polícia tem aparelhamento à altura para entrar nesses confrontos? Alguém tem noção do potencial bélico dessa facção?

Estamos no meio de um Iraque que poderá explodir a qualquer momento sem que possamos saber onde iremos parar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário