segunda-feira, 22 de dezembro de 2008



É Jesus... sinto que as vezes estou sozinho, mas quando reflito, vejo que sempre me ampara.

Não faço orações para dividir os fardos que carrego, pois sinto que eles são meus, da minha história.

Se eu orasse com certeza seria para agradecer por estar vivo e pelas experiências que a vida me presenteou.

Oraria nos momentos de exaustão e tristeza, para que o meu coração não ficasse tão apertado.

Oraria para poder acertar mais; oraria para que eu pudesse interferir para ajudar e não para atrapalhar tudo.

Sabe Jesus, há anos e anos minha vida caminha para os outros e pouco aproveito dela para mim.

Sinto-me as vezes como um escravo, ou talvez, como alguém que tenha vindo para cá apenas para servir.

Algumas pessoas, até do meu meio, vêem-me como alguém que deva ser desmoralizado, culpado das coisas que para eles não dão certo.

Assim como você pediu para o seu pai que afastasse de vós os males, eu peço agora que me afaste dos males que me direcionam.

Quero imensamente que todos sejam felizes, mas se a minha presença os fazem feras, então que definitivamente me afaste.

Sei Jesus, que poucos anos me restam e portanto eu necessito viver sem mágoas ou nos estados beligerantes que vivo.

Não me afastarei jamais das minhas obrigações mas necessito ter paz.

Minha depressão é por não conseguir alinhar tudo o que preciso para viver bem, portanto, pediria em oração para que as coisas que estão me deprimindo se alinhassem, caso não se alinhem, deixarei tudo de lado.

Oraria também Jesus para agradecer a existência dos meus filhos e agora, pela pequena que virá.

Pelas pessoas que me suportam com todos os meus defeitos e que estão me reconduzindo à compreensão.

Oraria pela busca da paz que tanto me faz falta, pelo crescimento que estou tento junto a mulher que tanto tem me ajudado a exergar as coisas.

Jesus, lá do seu paraiso, abençoa minha familia, minha mãe e irmã; abençoa aqueles que se foram e que estão perto de você. Conforta meu coração da saudade que sinto de todos aqueles que partiram e que um dia compuseram a minha familia na terra. Meu pai, tios, avós, amigos, minha ex mulher e sogra, cunhada e todos que me foram tão importantes na minha vida.

Abençoa aqueles que de alguma forma me fizeram chegar até aqui.

Jesus, por tudo que lhe falei aqui, vou orar só para uma coisa... agradecer ao universo por tudo o que se passou, pelo que está acontecendo e que está por vir.

Pedirei para que quando eu me sinta só, sentindo-me daquele jeito que só eu e você sabemos, para que rapidamente eu possa reagir.

Obrigado por todas as obras que participei e que participo.

Este é meu vasto pedido de Natal... que aceite meus agradecimentos e que não me deixe só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário