sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Ignorante


Cquote1.png Minha mãe é uma ignorante. Cquote2.png
Filho autista sobre Ignorância.
Cquote1.png Ignorância é sinal de esperteza exagerada Cquote2.png
Carla Perez sobre Burro, provando sua total burrice.
Cquote1.png Pare de me ofender, seu preconceituoso!!! Cquote2.png
Você sobre a palavra Ignorância
Cquote1.png Os ignorantes não são nada espertos! Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Ignorância
Cquote1.png Na União Soviética, a IGNORÂNCIA persegue VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Ignorância
Cquote1.png Em qualquer canto da Terra, a IGNORÂNCIA pertence a VOCÊ!! Cquote2.png
Eu sobre Reversal Russa e Ignorância
Ignorância é um nome repetitivo, chato e preconceituoso que muitos nerds inteligentes dão para os burros de memória fraca para ofender qualquer um que seja idiota que nem você, viu seu FILHO DA PUTA?????? É o mesmo que burrice, então vai ver no dicionário para saber o que é essa porra de preconceito idiota. Você que é um burro e fala um sotaque bem acaipirado, Tua Mãe é uma carne de pescoço e Teu Pai é um criador de Cobra venenosa que pode matar você pelo pescoço!!! Vós que sois desciclopedianos, não valeis absolutamente nada a vosso dispor mediante supostos néscios!!! Ir-vos-ão tomar no orifício anal, de onde é oriundo o excremento!!!
Sabeis que vossos pais e vossos filhos são todos ignorantes de nascença. Por mais que sejam ignorantes, todos podem falar mal de todo mundo o quanto quiser!!! O recém-chegado aqui na Desciclopédia é um usuário anônimo do qual não podem saber o nome e sejam discretos, seus idiotas retardados, senão todo mundo morre! Aqui na Desciclopédia não existem regras para serem seguidas: é só ser burro e matar todo mundo. Só isso. E mais alguma coisa? Basta não ter capacidade nenhuma para escrever nenhum artigo que preste na Wikipédia, porque lá é lugar de gente inteligente que sabe raciocinar direito, entendeu?
Não sei não, estúpido! Parece que algum usuário que ninguém pode saber o nome (é melhor ignorar mesmo) porque é anônimo, porra!
Olha, esse negócio de ignorância é sinal de memória fraca de jovem estudante com Mal de Alzheimer que não consegue estudar direito porque não sabe perguntar para si mesmo, já que não existe e nunca existiu o verbo perguntar na língua portuguesa! Vá entender esses idiotas, vai!

Nenhum comentário:

Postar um comentário