terça-feira, 5 de outubro de 2010

Holocausto brasileiro III


Novamente enfatizo: desarmaram a população para que morramos mais fácil na mão de criminosos. Eles não têm piedade de ninguém, são animais. Corremos risco de ter armas em casa? Se educarmos os portadores, não! Estaremos tentando garantir nossas vidas, já que a justiça brasileira não está nem aí para nós. Senhores deputados recém eleitos: ou garantam uma punição pesada a criminosos ou liberem o porte de armas para tentarmos garantir a nossa integridade física.

Família é feita refém durante festa de 

aniversário na Zona Norte de SP

Criminosos ameaçaram e agrediram cerca de 15 pessoas.
Quatro suspeitos conseguiram fugir e um adolescente foi apreendido.


Cerca de 15 pessoas foram feitas reféns na noite desta segunda-feira (4) durante uma festa de aniversário em uma casa de classe média alta na Zona Norte de São Paulo. Os criminosos invadiram o local durante a comemoração.
As vítimas estavam reunidas na casa de um empresário no Parque Novo Mundo. Para entrar, os assaltantes renderam um parente que estava saindo da festa, por volta das 20h20. Três homens entraram e um casal ficou do lado de fora. Os ladrões passaram cerca de 40 minutos dentro da casa. Eles queriam joias e dinheiro, e ameaçaram e agrediram os moradores e convidados.
“Um menor de idade, de quase 2 metros de altura, armado de revólver, batendo em uma pessoa doente, enforcando uma terceira, engatilhando um revólver na cabeça de uma criança de 13 anos. Isso demonstra como está a criminalidade no estado”, disse o soldado da Polícia Militar Alexander Faria.
De um celular, o irmão do empresário conseguiu pedir socorro. O casal que estava na frente da casa se aproximou e avisou os outros assaltantes quando viu a polícia. Quatro suspeitos fugiram. Um jovem de 17 anos foi pego em flagrante.
Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38. A polícia também encontrou relógios e celulares que teriam sido roubados da família.


Créditos G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário