terça-feira, 5 de outubro de 2010

Quem gosta de pobreza é intelectual....

Todos nós seres viventes abaixo da linha do equador, moradores em países neocapitalistas adoramos o poder do dinheiro. 
Ele transforma, embeleza, dá condições... talvez não traga felicidade, mas em alguns casos compra.
Todos corremos na loteria quando acumula a megasena; postulamos empregos melhores, principalmente os que paguem mais.
Sonhamos com casa, piscina, carro esportivo, melhores condições a todos do nosso meio...
Quem dúvida que dinheiro transforma, olhe só a foto abaixo e conheça o resultado de poder ter dinheiro...
Afinal, quem gosta de pobreza é intelectual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário