terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Pedro Bial, a decepção nacional



Fiquei muito triste hoje com o Pedro Bial não explicando ao público brasileiro o que realmente ocorreu na jaula dos horrores, chamada BBB.
Um intelectual que sempre admirei, desde o tempo dos festivais, ou das reportagens muito bem elaboradas. Parece-me que tudo era feito com o coração e com a sabedoria que sempre aparentou ter.
Culto, talvez um dos mais representativos em meio a sua geração, contemporâneo e amigo de infância de Cazuza.
Mas o caso do BBB 12 fez que eu me decepcionasse, bem como milhares de brasileiros que pediram uma atitude adequada, cirúrgica e providencial já no domingo passado. Naquele próprio dia, a Globo, como acobertamento, retirou do youtube e de outras mídias as cenas onde um desequilibrado de início bolinava e depois cavalgava ao lado da jovem que dormia bêbada. 
Hoje vi o ícone ler o que lhe escreveram, reduzindo-o a mais um qualquer daquela emissora; um estafeta da coisa mal feita.
Mas o Bial como incentivador constante da pegação entre os participantes, no que realmente faz questão de sempre frisar e suscitar ao grupo, tem algum tipo de responsabilidade sobre o que vimos em vídeo, ouvimos da abusada em áudio vazado e que chocou o público em geral, que até ela própria ficou horrorizada com os atos libidinosos e a possível união carnal sem o seu consentimento.
O poeta que conheci hoje está transformado em um fomentador de baixarias extremas, como o que o público em geral, ou melhor, que a sociedade brasileira teve o desprazer de conhecer gratuitamente através de um programa de péssima qualidade, dentro de uma concessão de televisão que o  governo brasileiro cedeu para o Grupo Marinho.
Em programa recente do Serginho Groisman, estavam presentes o Boni e o Bial. O Bial quando indagado pelo Serginho a que tipo de programa assistia, o  Bial disse que gostava de assistir programas ruins, pois era através deles que podia melhorar. Boni aproveitando a deixa afirmou: então assiste ao Big Brother! O clima pesou muito. Era algo que jamais imaginei que o Bial passasse, muito menos vindo o ataque do Boni, que é o pai do diretor do famigerado programa.
Parece ter sido um lampejo uma previsão do que estaria para acontecer.
Será que o Bial é tão esquecido assim que não vê o quanto a sociedade necessita de projetos bons? Não acredito. Quero crer que é apenas uma interpretação e não a figura que foi desenhada no nosso entendimento e que viemos a conhecer por anos e anos.
Está em tempo ainda de regressar ao bom conceito que ao longo do tempo construiu na opinião pública.
Sempre tive como certo que profissionais com o perfil de Pedro Bial, pudessem, independentemente de qualquer vínculo a empresas de comunicação, serem próprios e independentes. Boas cabeças influem e formam opinião. Tem poder de alavancar situações e pessoas. De alguma forma representam os anseios daqueles que necessitam acreditar que amanhã poderá ser melhor. Tem substância, tem conteúdo e quando retos, o respeito.
Pesquisando algo sobre inconformismo sobre o BBB e sobre o Bial, achei um cidadão que escreveu algo muito representativo, ainda em 12/01 passado, antes da coroação do BBB como um verdadeiro lixo,  que abaixo transcrevo:

fonte - Espaço Livre - Pedro Bial - http://www.br101.org/pedro-bial.html


"Caro Pedro Bial


Tive a infelicidade, a estupidez, o descuido, a insensatez de algumas vezes assistir essas vergonheiras do tal Big Brother Brasil.

Vejo com imensa tristeza a forma como um apresentador, como você, inteligente, de excelente visual, com uma dicção e um timbre de voz extraordinários se determinam a liquidar com as esperanças de milhões de pais de família que gostariam de ver seus filhos crescendo num país que estivesse no rumo da boa educação, da moral elevada e dos bons costumes.

Tantas coisas boas tem no nosso solo verde-amarelo, muito embora ainda estejamos mergulhados na corrupção de alguns aproveitadores, muito embora ainda sejamos obrigados a ver a sua própria emissora de TV contando crimes hediondos todo o dia, muito embora ainda sejamos obrigados a ver a violência das drogas imperando nas escolas e matando ou ferindo nossas crianças.
Mesmo assim meu caro Bial, nosso país não tem terremotos porque Deus brasileiro nos colocou bem no centro das fendas da crosta terrestre, mesmo assim (aos poucos) nossos governantes vem nos colocando no quarto lugar na economia mundial, mesmo assim temos gerado super craques no futebol, no vôlei, no basquete, no judô, na ginástica e temos também os super craques na construção de carros e de aviões, mesmo assim Bial estamos crescendo livres de ferrolhos ditatoriais.
Então meu amigo, por que você não entra nesse time de pessoas que fazem o Brasil se orgulhar de ser Brasil, com aquele jeito tão nosso de gente boa, amiga e de pessoas humanas e que querem crescer junto com sua Pátria ?
Bial, quem não sabe que os "bonecões" dessa coisa chamada BBB são apenas peças pré fabricadas para futuras exposições de pelados nas revistas de sexo ? Quem não sabe que as "menininhas" que sua equipe contrata num filtro, onde só passa a que melhor souber fazer "caretinhas" idiotas e que melhor souber mexer seus corpões de perfeitas "periguetes" ? Quem não sabe que essas amostras "casuais" de homossexualismo ostensivo não tem nada a ver com os movimentos anti homofóbicos e são apenas sensacionalismo barato e pervertido ?
Em fim quem não sabe que esse programa é uma perfeita máquina de maus exemplos ?
Será que nem você não sabe, caro Bial ?
Deixa que eu respondo: Claro que você sabe Bial, mas acima de você está o poder de quem lhe paga. Você sabe sim Bial, mas acima de você estão os dólares do faturamento dos futuros pelados que mal saem da "nave" da palhaçada e mostram suas intimidades na revistas eróticas ou pornográficas.
Enquanto isso, milhares de famílias brasileiras no desfrute de suas poucas informações e do seu alto grau de ignorância se acomodam nos sofás para mergulharem nas noites de BBB no sub mundo da verdadeira putaria, pois é nessa hora que vão assistir ao vivo, e o pior em horário nobre, os bonecões do Bial com suas vozes fanhosas e ridículas a se esfregarem propositalmente porque sabem que suas imagens estão invadindo milhares de lares desse país; um país que luta de cabeça erguida para ser um grande Brasil.
Mas um dia, talvez saia mas só quando coisas como esse besteirol chamado BBB não tiver mais licença para matar.
Bial, você, como já disse é uma pessoa culta, altamente competente como repórter é excelente; você sabe o que faz, então sugiro que você quem sabe um dia experimente fazer um BBB diferente: convide pessoas comuns, independente de idade, de beleza ou de de traçados perfeitos; componha poe exemplo, um BBB composto, por um Bombeiro de 28 anos, uma freira de 47 anos, um pedreiro aposentado de 62 anos, uma costureira de 30 anos, uma dona de casa de 55 anos, uma estudante de 21 anos, um militar de 35 anos, uma Desenhista de Modas de 50 anos, um cabeleireiro de 20 anos, um gari de 23 anos, um aposentado de 66 anos e assim por diante.
Acho que teríamos um programa interessante para assistir, no qual poderíamos medir a capacidade de convivência dessas pessoas em clausura, já que as amostras dos componentes seria muito melhor estratificada e apresentaria resultados atípicos em cada final de competição.
Desse modo traríamos cultura, moral e exemplos de conduta ao público telespectador e acima de tudo estaríamos nos livrando dessa gosma de jeitinhos e roça-roça dos seus adorados bonecões musculosos.
.
Pense nisso.

Wilton Melo Garcia

Rua Carlos Estevão, 530/308 Porto Alegre/RS

Fones 51- 35171058 ou 51 - 99078298

RG 9003221349"

Nenhum comentário:

Postar um comentário