sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Médico preguiçoso e incompetente

Há uns anos atrás eu trabalhei em uma empresa que abastecia alguns hospitais de São Paulo e Grande São Paulo. Regularmente visitava os hospitais para um feedback junto às diretorias dos hospitais, visando sempre o  aprimoramento dos nossos serviços. Fiz grandes amizades.
Numa dessas visitas a um hospital da grande São Paulo, após uma reunião, fui caminhar nos jardins do hospital  junto com um dos diretores.
Conversando e caminhando cheguei a um estacionamento onde só haviam carros de luxo, muitos importados. Curioso com tanto carro de luxo perguntei:
- Doutor, os pacientes deste município tem um poder aquisitivo alto, hein?
Sorrindo ele logo me esclareceu que o estacionamento não pertencia aos pacientes ou visitantes, mas sim aos médicos do hospital.
Minha curiosidade era tanta que fui olhando carro a carro. Não pude deixar de fazer a minha observação:
-Então quem tem poder aquisitivo alto são os médicos!
Enfatizando a respeito dos carros, o diretor quis me passar sobre a importância profissional de cada médico.
-Veja Roberto, este carro é do doutor tal, que é pós graduado em cardiologia e é um dos melhores profissionais da região. Este outro é do doutor X que também se pós graduou em traumatologia e também é um dos melhores profissionais do segmento em toda a região. Carro a carro ele foi identificando e me informando o currículo do profissional.
Depois de uns dez automóveis e de toda a história de formação e pós graduação do proprietário, deparei-me com um Del Rey da Ford, ano oitenta e alguma coisa, amassado, com os para-choques caindo, com um dos vidros amarrados com um fio 5 de energia.
-Doutor, acho que abandonaram esse carro aqui. Será que é de algum paciente?
-Que nada Roberto, esse carro é de um médico incompetente e preguiçoso que temos aqui, que jamais pensou em se especializar. A sua especialidade, se é que isso é especialidade, é de dar vez por outra, dedadas no cú dos outros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário