segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Sonda Chinesa filma edificações na lua; disponibilizará fotos tratadas ao mundo

Há anos venho acompanhando a guerra de desacobertamento que abnegados pesquisadores travam contra a NASA.
A princípio, muitos pesquisadores conseguiram documentos e fotos, que alegam serem autênticas e que provam a existência de edificações -muitas delas ainda com iluminação artificial- na lua. Isto vem desde os voos das Geminis, na década de 60. Há ainda a declaração do primeiro homem a colocar os pés na lua, o histórico astronauta Neil Armstrong, comandante da Apollo 11, que viu aeronaves gigantescas, bem como, foi advertido a não adentrar em áreas controladas por eles.
Pois bem, a NASA nega tudo, esconde tudo e persegue quem a tente desacreditar.
Agora a coisa começa a tomar outro rumo, e isto poderá a vir a ser a ponta do Iceberg sobre alienígenas e as visitas diárias que fazem ao planeta Terra.
A China tem em órbita da lua uma sonda que está fotografando, filmando e enviando sem censuras tudo que tem varrido no solo do nosso satélite artificial. A sonda é chamada de Chang E2.
Pasmem! Foi postado nos últimos dias na internet uma foto, que conforme seu divulgador, Stephenn Arnard, alega ser legítima e originada da missão da sonda referenciada, no qual se vê claramente prédios, uma verdadeira cidade, em uma encosta lunar.
Conforme Stephenn a China colorizará as fotos e divulgará com autenticidade na mídia mundial. São inúmeras construções em vários locais diferentes, algumas com iluminação. Há uma abóboda nitidamente vitrificada, como uma estufa gigantesca.
Há também várias áreas que foram bombardeadas pela NASA -conforme informado no vídeo- no intuito de se destruir os vestígios da civilização que por lá passou, o que ainda existe por lá.
Se confirmadas as informações a NASA estará fadada a sua dissolução, por ter obstruído a verdade, por conspiração, e por ai afora.
Esperamos apenas que a China realmente divulgue abertamente as descobertas.

Um comentário:

  1. Há fatos que estão sendo mantidos em oculto do público , como certeza há. O que não podemos é ficar dependendo da boa vontade da NASA se vai ou não divulgar fotos ...

    Quanto mais pesquisas no ramo aeroespacial melhor , o Brasil precisa investir em programas de desenvolvimento de foguetes e sondas e começar a investigar e trazer respostas para a comunidade científica e também para a sociedade.

    O Brasil não pode ficar dependendo de tecnologias estrangeiras e boa vontade de outras nações , temos pessoas capacitadas para trabalharem em projetos cinetíficos que trarão grandes avanços e desenvolvimento como nunca antes.

    ResponderExcluir