domingo, 18 de março de 2012

Palestra sobre viuvez e sobre perda de entes queridos.



Me chamo Roberto e tenho esse blog como um passatempo, que originou-se como uma forma de fazer contato com o mundo após várias perdas seguidas que tive no meu seio familiar de entes queridos, mais que isso, de entes muito amados.

A virada do século para mim não foi muito boa, em fevereiro de 2000 perdíamos nosso pai, inesperadamente vítima de um aneurisma fulminante.
Viria ser o primeiro baque que tive, pois meu pai era meu amigo, meu conselheiro e o patriarca de toda uma família. 
Mas o destino não poupou-nos de mais adversidades. Em  dezembro de 2001 viria falecer também subitamente a mãe da minha esposa, que do outro lado era a matriarca da família numerosa que tinha. Outro baque.
Mas quem pensa que desgraça pouca é bobagem, em julho de 2002, após um mal estar de menos de 1 hora, vinha falecer a minha esposa, na minha presença e na dos meus filhos.
Pois bem, ai começava a minha saga de depressão, de desapego pela vida, de errância em todos os meus relacionamentos profissionais e sociais e quase a minha morte.
Tive um processo de recuperação para tamanhos traumas que viriam a durar anos. 
Tornei-me na época descrente de qualquer força superior, desisti de viver.
Enganei a morte pois tinha três filhos adolescentes e foquei-me a princípio neles, para que como uma última obrigação de vida, tivesse que criá-los.
A carga era muita, pois tinha que reaprender tudo em tamanha adversidade.
Errei muito, mas continuei. Busquei ajuda profissional e nos amigos.
E ao longo do tempo, consegui amenizar a dor e passei a me dedicar a esclarecer pessoas que passam pelo mesmo infortúnio, para que com a experiência triste que tive possa abreviar esse estado tão triste que estamos sujeitos.
Já treinava profissionais com palestras e tornei-me também um "prosador" para os que assim como eu precisavam e precisam de ajuda. 
Minha saga em 10 anos a partir das perdas que tive, modificaram-me muito, tornaram-me forte e com uma compreensão muito maior a respeito da vida.
Só quem passa por perdas, sabe o quanto precisa se relacionar com pessoas que tenham passado pelos mesmos infortúnios, para que possa em exemplos se identificar e poder acalmar tamanha dor no coração.
Criei uma palestra , abordando todas as dificuldades psicológicas, de afeto e sociais que as perdas causam.
Em exemplos, tristes e em outros até mesmo engraçados, consegui dar uma visão e uma posição a quem precisa recomeçar assim como eu recomecei.
Em algumas horas tenho a certeza que em conjunto, a vida terá um novo valor a todos.
Minha palestra ocorre em São Paulo. 
Para facilitação, formamos grupos antecipadamente agendando data, local e horário.
Aos interessados enviem email para roberto@fwps.com.br, que retornarei com as informações sobre a palestra.
Abraços e espero ver pessoalmente a todos, para trocarmos nossas experiências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário