sexta-feira, 5 de outubro de 2012

PCC vs PM de São Paulo, já tem características de guerrilha

Ataques quase diários, principalmente a militares em dias de folga, tem marcado o dia a dia de São Paulo. Jornalistas como o Marcelo Rezende, Percival de Souza e o Datena, já falam abertamente sobre esses ataques do PCC. 
Está sendo noticiado já nos Estados Unidos sobre essa guerra, mas me parece que o Governo do Estado ou  está colocando uma cortina de fumaça no assunto, desdenhando do que estamos passando aqui em São Paulo, ou não tem o que falar mesmo!
Ontem um policial foi morto no Guarujá, na semana passada, dois policiais foram baleados em um ataque que acabou inclusive ferindo o filho de um deles gravemente.
Semana passada também, a PM na zona sul, desbaratou um núcleo do PCC com armamentos pesadíssimos. Fuzis Colt, fuzis 7.62, sub metralhadoras e pistolas .40, granadas e etc. Conforme foi veiculado,  seriam membros do PCC que estariam se organizando para ataques a militares.
Da parte do PCC, em reportagem que li recentemente no Estadão, alguns ataques também ocorrem pela corrupção que já ocorreu ou ocorrem junto aos criminosos, feitas por policiais.
Também foi veiculado que o PCC fez um leilão para que fossem mortos o mesmo número de policiais que os mortos do lado do PCC em um confronto entre ROTA e marginais, que morreram 7 pessoas.
Houve também a morte de outros marginais próximo a Jundiaí, "no tribunal do crime", também em uma ação da ROTA.
A população está amedrontada com esses confrontos, que mais nos parece ações de guerra.
Agora policiais podem estar fazendo uma caça às bruxas, indignados pelas ações dos últimos dias.
Enfim, algo tem que ser feito e rápido, pois já já poderemos estar em meio de uma guerra aberta no meio da cidade envolvendo não só PCC e PM, mas as pessoas comuns, como eu e vocês.

Abaixo um vídeo sobre um membro do PCC, que veio de um presídio do interior em 2011  depor a um Juiz. Vejam que não há respeito e o convencimento do Membro do PCC está acima do bem e do mal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário